LEI DE CAUSA E EFEITO E A COSMOÉTICA

Intrafisicalidade. A vida humana é um laboratório evolutivo. No intrafísico, tudo o que acontece tem relação com a nossa consciência. Essa condição é imposta através da lei de causa e efeito e tem conexão direta com a Cosmoética. Dessa interação, é inevitável que duas condições se apresentem: determinismo do cosmos e livre arbítrio pessoal. O determinismo é o grau de imposições holocármicas que as consciências vivem em seus atuais momentos evolutivos e o livre arbítrio é uma maior liberdade de ação, conquistada por meio de manifestações cosmoéticas ao longo das múltiplas vidas.



Exemplo. Podemos tomar como exemplo de uma ação anticosmoética o acumpliciamento que uma pessoa pode realizar em relação a algum tipo de ato ilícito. Esta ação, em particular, pode ser fruto de irracionalidade, ou seja, são ações sem o uso da razão. Muitas vezes, com base na impulsividade, falta de informação e de discernimento.


A consciência cosmoética ainda não existe naquele ser que não possui o uso da razão (Vieira, Waldo; 700 Experimentos; 2013; página 297).


Determinismo. No caso do determinismo, as ações inevitavelmente conduzem a consciência a um nível maior de interprisão grupocármica, quer ela esteja consciente disso ou não. A busca pela autolucidez e reflexão crítica são imprescindíveis, pois a vivência do equilíbrio íntimo, da autocoerência e da Cosmoética dependem disso. É importante salientar que aqui não existem punições, nem recompensas, e sim consequências geradas por ações erradas que são acompanhadas do fator multidimensional.


Holopensene. Um aspecto determinante para o aumento do equilíbrio íntimo, ou não, em muitos casos é a influência do holopensene. Algumas consciências são completamente influenciáveis. Como ainda não estão cientes de que essa pararrealidade existe, ou carecem de domínio energético, sofrem a pressão das energias predominantes. O principal objetivo aqui é conseguir fazer com que o percentual de influência pensênica seja o menor possível e poder assim atingir o máximo de lucidez e discernimento.


Robéxis. Alguns holopensenes estão tão estruturados por interesses humanos inúteis e conteúdos antievolutivos que acabam sendo a causa de várias condições intraconscienciais nosográficas. Essa pressão holopensênica patológica, juntamente com as ações e reações holocármicas, imprimem através da memória, uma série de condicionamentos ao longo do tempo. Assim, há uma combinação perfeita para a manutenção da Robéxis (robotização existencial da massa humana impensante).


Recin. Porém, a situação é possível de ser revertida. Com o desenvolvimento mentalsomático, domínio energético e mais precisamente a auto-organização, a eliminação de hábitos inúteis, que muitas vezes são insistentes, podem ser completamente revertidos em uma rotina útil e pró-evolutiva. A partir daí, a criação de neosinapses e a consolidação de neo-hábitos se instalam.


Holocarma. Uma analogia que pode ser feita, para entender o funcionamento do holocarma, é a de uma "conta corrente”. Quando tem a característica de ser individual, é o egocarma. Existe também uma conta conjunta chamada grupocarma. E uma última, denominada policarma, que para a maioria das consciências ainda têm o saldo devedor em relação à evolução coletiva. Então, se existe um movimento na conta corrente através de manifestações cosmoéticas, é fácil concluir que a lei do retorno irá atuar a favor. Quanto maior o senso de responsabilidade, mais profilática e maior cadência a consciência irá imprimir no seu ritmo evolutivo, se levar em consideração a dinâmica holocármica.


Desperticidade. Caminhar em busca do uso mais inteligente do livre arbítrio pessoal, e de maiores níveis de higiene consciencial para alcançar a desperticidade, se torna uma meta prioritária com o entendimento dessa dinâmica. Uma vez que no nível evolutivo de ser desperto, por mais que haja influência negativa, com o autodomínio dos pensenes (pensamentos + sentimentos + energia), suas manifestações não são afetadas.



Resultado. Assim agindo, a consciência inevitavelmente começa a trabalhar no âmbito policármico e vivenciar a primener (primavera energética), sendo esta, a unidade de medida da holocarmalidade. Em síntese, o saldo pessoal positivo na conta corrente holocármica, é resultado de ações fundamentadas na Cosmoética e consequentemente na lei de causa e efeito, a favor da própria consciência.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo