APLICAÇÃO DO SOBREPAIRAMENTO NO COTIDIANO


INTRODUÇÃO


Por conta das imaturidades conscienciais, em momentos de conflitos, dificuldades, adversidades ou mesmo durante o processo interassistencial, é comum ocorrer exacerbação emocional, obnubilando a lucidez e influenciando a pessoa a agir seguindo seus instintos.


Como consequência, pode haver aumento ou manutenção de conflitos interpessoais, arrependimentos, desgaste de relacionamentos, atrasando o desenvolvimento sadio.


Por isso, toda pessoa interessada em acelerar a evolução pessoal, em especial o intermissivista, precisa buscar maneiras de superar essas reações características do corpo de bicho (soma) para recobrar a condição de consciência em evolução, ampliando seu discernimento e lucidez multidimensional para assim agir com mais assertividade evolutiva.



Existem diversas técnicas para a conscin (consciência intrafísica) conseguir manifestar-se para além dessas influências. Este texto refere-se à técnica do sobrepairamento cosmoético.


O QUE É SOBREPAIRAMENTO?


Segundo Vieira (2010), o sobrepairamento é: “a atitude ou postura isenta, inteligente e cosmoética da conscin lúcida pairar alto, acima ou além de todo nível primário de vivência baratrosférica, regressiva, dolosa ou anticosmoética na cotidianidade diuturna e multidimensional” (Vieira, 2010).


Ou seja, sobrepairar é distanciar-se emocionalmente da situação, aderindo o papel de um telespectador do momento e não mais de ator. Tal distanciamento predispõe à análise racional da situação, possibilitando a consciência recuperar sua lucidez e agir com mais inteligência contextual.


Pode-se dizer que o sobrepairamento lembra à consciência que sua existência vai para além desta dimensão intrafísica, auxiliando-a a desdramatizar as dificuldades encontradas e criando ambiente intraconsciencial sadio para tirar proveitos evolutivos das experiências vivenciadas. Dessa maneira, com a perspectiva de aprendizado contínuo, a lógica da evolução vem à tona, estimulando o autodiscernimento e racionalidade frente à emocionalidade.


A PRÁTICA DO SOBREPAIRAMENTO


As emoções podem ser aliadas no processo de autoconhecimento, descortinando as necessidades básicas não atendidas, servindo assim de alertas conscienciais. Por outro lado, quando alcançam uma intensidade alta predispõem a obnubilação, aumentando as chances de a pessoa agir por impulso em direção a proteção.


Nesses casos, há restringimento da racionalidade, predispondo a consciência a realizar ações que podem ser contrárias aos seus interesses evolutivos. Como por exemplo, em um debate acabar exaltando a voz, piorando o conflito.


Como antídoto disso, a técnica de sobrepairamento pode ser utilizada a todo momento em que a pessoa perceber exacerbação de suas imaturidades ou emocionalidade, dificuldade de raciocinar ou mesmo quando percebe a necessidade de aumentar a visão pessoal sobre a situação.


Existem diferentes técnicas que podem auxiliar a pessoa a alcançar a condição de sobrepairamento. Um exemplo é a Imagística Pró-Sobrepairamento, na qual a conscin imagina cenários, cenas, encontros ou contextos homeostáticos como forma de distanciar-se pensenicamente e momentaneamente do pertúrbio vivenciado. Exemplo: ao perceber que está sentindo ansiedade imagina-se boiando no mar (SILVA, 2017).


Em analogia, nesses casos a conscin procuraria limpar seus óculos, buscando enxergar uma alternativa mais correta antes de agir. Nesta busca, leva-se em conta não apenas parâmetros físicos ou materiais, mas também multidimensionais, como por exemplo, verificar a necessidade de exteriorizar energias pacíficas para acalmar a situação.



O sobrepairamento abre portas para a conscin pensar/refletir sobre a situação com base em todos os pilares do paradigma consciencial, buscando adotar um comportamento mais coerente que expresse seu real nível de maturidade. Assim, o sobrepairamento estimula a prática do autodiscernimento e ajuda a consciência a refinar a sua Cosmoética em direção a uma manifestação consciencial mais retilínea, evolutiva e homeostática.

BENEFÍCIOS DO SOBREPAIRAMENTO


Sobrepujar as imaturidades do momento estimula a consciência a ver a situação como um todo, olhando por um parâmetro neutro e amplo. Nesta condição, há aumento da cosmovisão pessoal, podendo resultar, segundo Maia (2020), em novos insights, percepções alternativas e compreensões mais amplas sobre a vivência.


Além disso, o sobrepairamento pode facilitar a percepção das imaturidades conscienciais ainda presentes na manifestação pessoal, como também auxilia na percepção da influência que estas exercem sobre suas reações, instintos e comportamentos. A partir desta percepção, a pessoa já possui conhecimentos para iniciar um processo de reeducação, buscando formas alternativas mais evolutivas de agir. Embasando assim suas ações no autodiscernimento e na Cosmoética.


De acordo com Leitão (2015), outro benefício é a desdramatização. Muitas vezes, a baixa visão de conjunto aliadas a exacerbação emocional estimulam a dramatização da situação, aumentando os pontos negativos. Nesses casos pode-se perceber em um labirinto sem saída, sem alternativas. O sobrepairamento atua retirando esse filtro negativo, estimulando a visão realista. Essa, por sua vez, possibilita o autodesassédio.


Além disso, a condição de sobrepairamento pode ajudar a conscin a manter o foco pensênico na interassistência e não nos autodesconfortos decorrentes dela. Assim, há predisposição a exposições esclarecedoras, conversas difíceis, postura de antivitimização, etc. (BONFANTI, 2019).


Ainda, conforme Melo (2021), o sobrepairamento pode auxiliar a conscin a sobrelevar contextos de mágoa, ressentimentos, intrigas e desavenças em prol do heteroperdão, libertando-se da condição de vítima e algoz.


A listagem acima não possui caráter exaustivo, existindo muitos outros benefícios a serem alcançados pela prática do sobrepairamento, podendo a conscin leitora vivenciá-los a partir do experimento pessoal.


CONSIDERAÇÕES FINAIS


Exercitar o sobrepairamento no dia a dia estimula a conscin a não agir mais por impulsos ou apriorismos, mas sim pelo autodiscernimento e pela Cosmoética. Trazendo à tona seu potencial consciencial. Assim como, demonstra inteligência evolutiva cotidiana.



Dessa forma, avança na superação da condição de bicho para aderir a condição de consciência multimilenar resultado de um processo evolutivo contínuo que está neste momento em um corpo animal em uma dimensão material ainda imatura para aprender formas mais homeostáticas e positivas de se manifestar. Este raciocínio por sua vez predispõe à reeducação consciencial.



REFERÊNCIAS


Bonfanti, Ana; Sobrepairamento do Autodesconforto; verbete; In: Vieira, Waldo; Org.; Enciclopédia da Conscienciologia; verbete N. 5.021, apresentado no Tertuliarium / CEAEC, Foz do Iguaçu, PR; 03.11.19; disponível em: <http://encyclossapiens.space/buscaverbete>; acesso em: 01.08.21; 07h10.


Leitão, Rosa; Binômio Abrir Mão - Sobrepairar; verbete; In: Vieira, Waldo; Org.; Enciclopédia da Conscienciologia; verbete N. 3.426, apresentado no Tertuliarium / CEAEC, Foz do Iguaçu, PR; 22.06.15; disponível em: <http://encyclossapiens.space/buscaverbete>; acesso em: 01.08.21; 06h40.


Maia, Conceição; Sobrepairamento das Necessidades Cotidianas; verbete; In: Vieira, Waldo; Org.; Enciclopédia da Conscienciologia; verbete N. 5.293, apresentado no Tertuliarium / CEAEC, Foz do Iguaçu, PR; 01.08.21; disponível em: <http://encyclossapiens.space/buscaverbete>; acesso em: 30.08.21; 18h20.


Melo, Sheila; Sobrepairamento Pró-Perdão; verbete; In: Vieira, Waldo; Org.; Enciclopédia da Conscienciologia; verbete N. 5.662, apresentado no Tertuliarium / CEAEC, Foz do Iguaçu, PR; 05.08.21; disponível em: <http://encyclossapiens.space/buscaverbete>; acesso em: 30.08.21; 18h00.


Silva, Vitória; Imagística Pró-Sobrepairamento; verbete; In: Vieira, Waldo; Org.; Enciclopédia da Conscienciologia; verbete N. 4.080, apresentado no Tertuliarium / CEAEC, Foz do Iguaçu, PR; 06.04.17; disponível em: <http://encyclossapiens.space/buscaverbete>; acesso em: 01.08.21; 06h50.


Vieira, Waldo; Sobrepairamento; verbete; In: Vieira, Waldo; Org.; Enciclopédia da Conscienciologia; verbete N. 1.733, apresentado no Tertuliarium / CEAEC, Foz do Iguaçu, PR; 27.10.10; disponível em: <http://encyclossapiens.space/buscaverbete>; acesso em: 01.08.21; 07h00.

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo